Mês: Agosto 2015

Corvos, nem um

Tocar Espanha a partir do Fragão do Corvo. Antes da chegada ao Fragão do Corvo os olhos prendem-se nos detalhes: casas, árvores, plantas. Não se veem animais, muito menos pássaros. Lá no topo, a cerca de 1450 metros de altitude, a imensa paisagem impõe silêncio. Quando o céu está limpo, dali pode-se vaguear por Manteigas, seguir ao longo do vale do Zêzere, passar pela Guarda e entrar em Espanha para espreitar as serras de Peña de Francia, Gredos e Béjar. Manteigas vista do Fragão do Corvo.

A feijoca regressa à horta

Esta receita de feijoca cobiça os legumes de primavera e verão, mas também serve para acompanhar carne e enchidos. Sim, é verdade, este prato não tem carne nem enchidos. Outra surpresa: a feijoca pode transformar-se numa refeição menos pesado e mais simples. Isso não significa que o gosto fuja a sete pés e que a tradição seja maltratada. Basta temperar cuidadosamente e cozinhar com lentidão para se revelarem outras características da feijoca. Acompanhado apenas com arroz é um prato vegetariano substancial, afinal, tem as proteínas da leguminosa. Quem quiser pode assar umas rodelas de morcela ou grelhar entrecosto para servir com o estufado. A textura delicada da feijoca de Manteigas e o adocicado dos legumes são excelentes parceiros desses sabores mais fortes. No fundo, a feijoca estufada com vegetais permite que se juntem à mesma mesa amantes de carne e vegetarianos (ou mesmo vegan) convictos. Esta versão pode ser uma boa aliada para variar a utilização dos legumes de primavera e verão. Feijoca estufada com legumes Para cozer as feijocas: 250 gr. de feijoca seca 1 cebola pequena 1 folha de louro média sal q.b. 2 dentes de …